04/abr

Argentino Nacho brilha e Atlético vence clássico com América

Com mais uma grande atuação de Nacho Fernández, o Galo manteve a liderança do Campeonato Mineiro ao vencer o América por 3 a 1, neste domingo (4), no Mineirão. O clássico foi válido pela 7ª rodada do Estadual.

O meia argentino marcou os dois primeiros gols do Atlético, que completou a vitória com o gol de Guilherme Arana, outro destaque da partida.

Com o triunfo sobre o rival, o Atlético chegou a 18 pontos na tabela de classificação, se isolou na liderança.

Na próxima rodada, o adversário será o Pouso Alegre, quarta-feira (7), às 16h, no Mineirão.

Principais lances

No primeiro tempo, as melhores chances foram do Galo. Na primeira delas, Arana cruzou com perigo pela esquerda e o zagueiro Eduardo Bauermann se esticou para fazer o corte.

No ataque seguinte, Arana foi à linha de fundo pela esquerda e cruzou na medida para Savarino, que cabeceou para fora.

Aos 15 minutos, Keno sofreu falta na intermediária e Nacho Fernández cobrou para inaugurar o marcador no Mineirão: Galo 1 x 0. No lance, a bola desviou em Ademir e tirou o goleiro Matheus Cavichioli do lance.

O Galo seguiu no ataque e quase ampliou logo depois, novamente com Nacho. O argentino recebeu cruzamento rasteiro de Arana na entrada da área e finalizou, mas a bola explodiu no zagueiro.

O América ameaçou após falha de Alonso na saída de bola e Everson fez grande defesa nos pés do atacante Rodolfo.

Nacho teve outra oportunidade aos 24 minutos, quando recebeu ótimo passe de Savarino na grande área pela direita e concluiu para a defesa do goleiro americano.

Aos 30 minutos, Sasha sofreu pênalti em lance na grande área pela direita, mas a arbitragem não marcou a penalidade.

Anúncio

Keno arriscou e fora da área, aos 35, e Matheus Cavichioli fez a defesa. Três minutos depois, o camisa 11 tentou novo arremate de fora da área e o arqueiro americano fez outra intervenção.

No fim da etapa inicial, o Atlético ainda levou perigo em mais um cruzamento de Arana pela esquerda, mas o zagueiro fez o corte antes da conclusão de Eduardo Sasha.

O Galo voltou com a mesma formação para o segundo tempo, que começou sob forte chuva.

Aos oito minutos, Arana fez bom cruzamento pela esquerda e o cabeceio de Nacho Fernández pegou na trave. Sasha e Savarino tentaram pegar o rebote e a bola saiu por cima do gol.

Aos dez minutos, João Paulo acertou chute de longa distância e empatou a partida: 1 x 1.

Quatro minutos mais tarde, Everson fez boa defesa no chute de Juninho. Savarino levou perigo em chute de fora da área, aos 16 minutos, e a bola saiu à esquerda do gol.

No minuto seguinte, o técnico Cuca promoveu três mudanças na equipe. Zaracho, Sasha e Savarino foram substituídos por Nathan, Vargas e Hulk, respectivamente.

Aos 25, após boa tabela entre Vargas e Hulk, o chileno invadiu a área pela direita e tocou para a finalização de Keno, defendida por Matheus Cavichioli. No rebote, Nacho não perdoou e mandou a bola para a rede: Galo 2 x 1.

Aos 32 minutos, Marrony entrou no lugar de Keno e fez sua primeira tentativa em chute cruzado da entrada da área, mas a bola saiu à esquerda do gol.

Nacho foi substituído por Dodô, aos 37 minutos. Em novo ataque atleticano, Dodô cruzou pela esquerda e Nathan cabeceou para a defesa do goleiro americano.

Aos 43, Guga recebeu passe de Hulk pela direita, tocou para Vargas e o chileno mandou a bola na área, a defesa fez o corte parcial e Arana pegou a sobra de bola para chutar no canto direito do goleiro e selar a vitória no clássico.

Melhores momentos

Por Redação

JORNAL MINAS reforça seu compromisso com o profissionalismo, a qualidade e o jornalismo mineiro. Nossa redação fornece informações responsáveis ​​e confiáveis ​​todos os dias. Apoie a informação de qualidade, siga-nos pelas redes sociais – Facebook Instagram Twitter Whatsapp

 

 

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas