21/fev

Atlético vence e se aproxima da fase de grupos da Libertadores

Compartilhar esta notícia:

O Atlético está muito perto de garantir presença na fase de grupos da Copa Libertadores da América.  Neste domingo (21), o Galo deu um passo importante nessa direção ao vencer o Sport por 3 a 2, na Ilha do Retiro, em Recife.

A partida foi válida pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Com o triunfo na capital pernambucana, o Galo chegou a 65 pontos e subiu para o 3º lugar na tabela de classificação.

O Alvinegro abriu o placar com Jair, aos seis minutos do primeiro tempo, em rebote da finalização de Arana, e sofreu o empate ainda na etapa inicial, aos 32.

No segundo tempo, aos quatro minutos, Rafael Thyere fez gol contra ao tentar cortar chute de Guilherme Arana, recolocando o Galo em vantagem.

Os donos da casa empataram aos 42, de pênalti. Marrony fez o gol da vitória nos acréscimos, aos 52 minutos, depois de receber passe de Arana, cortar seu marcador e chutar no canto direito do goleiro.

Na próxima rodada, a última do Campeonato Brasileiro, o adversário será o Palmeiras, às 21h30 de quinta-feira (25), no Mineirão.

O jogo

O Galo fez a primeira tentativa no cruzamento de Keno pela esquerda, interceptado pelo goleiro Luan Polli. Aos seis minutos, Arana chutou forte de fora da área, o goleiro deu rebote e Jair estava na pequena área para conferir: Galo 1 x 0.

Os donos da casa tentaram reagir no chute cruzado de Patric e a bola saiu à direita do gol de Everson. Em grande chance atleticana, após receber passe de Savarino, Keno disparou pela esquerda, invadiu a área e errou a tentativa de cruzamento para Jair.

Aos 18 minutos, Savarino recebeu a bola na entrada da área pela direita, chutou de primeira e o goleiro Luan defendeu o arremate. Em mais um ataque alvinegro, Savarino cruzou rasteiro pela direita, aos 22, e o zagueiro afastou o perigo.

Keno sofreu falta perto da grande área pela esquerda, aos 25 minutos, e Savarino cobrou direto para a defesa do goleiro. Sete minutos mais tarde, Adalberto empatou para o Sport.

O Atlético tentou retomar a vantagem no chute colocado de Keno, mas a bola saiu à esquerda do gol. Aos 36, Guga fez desarme providencial na grande área, impedindo a conclusão de Marquinhos.

No minuto seguinte, o Galo quase fez o segundo gol com Eduardo Sasha, que recebeu ótimo passe de Savarino e chutou para a boa defesa de Luan Polli. Aos 39, Guga cruzou e Savarino cabeceou com perigo, mas a bola saiu rente à trave.

Aos 43, Keno cruzou pela esquerda, mas a bola foi com muita força e saiu pela linha de fundo depois de atravessar a grande área. No minuto seguinte, Keno tentou outra jogada na grande área pela esquerda, mas foi travado na hora em que tentou o passe.

Na última oportunidade da primeira etapa, aos 46, o goleiro Everson cobrou falta e a bola saiu longe do gol.

+ Notícias de Esportes

O Galo voltou para o segundo tempo sem alterações e teve boa chance logo aos dois minutos na finalização de Calebe, defendida por Luan Polli.

Aos quatro minutos, Arana chutou de fora da área, Rafael Thyere tentou cortar e desviou a bola para o gol: Galo 2 x 1.

Após bola recuada, o goleiro Luan Polli errou o chute e a bola sobrou para Keno, que acabou adiantando de mais e permitindo a recuperação do goleiro.

Em nova tentativa alvinegra, Savarino cruzou pela direita, aos 13 minutos, e Keno cabeceou para a defesa de Luan Polli.

Aos 14 minutos, Keno e Calebe foram substituídos por Marrony e Franco, respectivamente. Três minutos depois, Savarino recebeu passe de Franco na grande área pela direita e finalizou por cima do gol.

Sasha foi substituído por Vargas aos 24 minutos. Aos 27, Marrony ajeitou a bola e Savarino finalizou para fora. Everson fez boa defesa na conclusão de Patric, aos 30 minutos. Logo depois, em lance pela esquerda, Vargas cruzou, Franco ajeitou a bola e Savarino chutou por cima do gol.

Jair deu lugar a Zaracho, aos 32 minutos. Aos 36, o árbitro marcou pênalti de Marrony em Patric. No lance, o técnico Jorge Sampaoli foi expulso por reclamação. Thiago neves cobrou e empatou a partida: 2 x 2.

O Atlético tentou no cruzamento de Marrony pela esquerda, mas a defesa pernambucana conseguiu cortar a jogada quando Savarino tentou ajeitar a bola na entrada da área.

A pressão alvinegra nos minutos finais surtiu efeito aos 52 minutos, quando Marrony chutou da entrada da área e fez o terceiro gol atleticano: Galo 3 x 2.

Depois de confusão na área dos bancos de reserva, o jogo foi reiniciado e o Atlético ainda teve duas outras chances nos chutes de Franco, por cima, e Marrony, à esquerda do gol.

Por Redação Jornal Minas

Siga Jornal Minas nas redes sociais

Facebook Instagram Twitter Whatsapp 

Compartilhar esta notícia:


Comentários

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Redes sociais
Jornal Minas