18/jan

Vídeo – Avô e neta morrem após motorista embriagado atingir carro em Belo Horizonte

Duas pessoas morreram na noite da última sexta-feira (15) após um grave acidente entre dois carros no Bairro Caiçara, Região Noroeste de Belo Horizonte. De acordo com o Corpo de Bombeiros, um homem de 65 anos e uma jovem de 14 anos, que estavam em uma Volkswagen Parati, perderam a vida carbonizados após um veículo de luxo acertar o carro em que estavam.

Com a batida, a Parati se chocou lateralmente com uma palmeira, localizada no canteiro central da avenida, e pegou fogo. Duas pessoas foram arremessadas para fora do carro, enquanto outras duas não conseguiram sair do veículo a tempo. O acidente aconteceu próximo ao Cemitério da Paz, na Avenida Presidente Carlos Luz.

Uma mulher de 33 anos, também passageira da Parati, sofreu várias fraturas e foi encaminhada para o Hospital João XXIII, na capital, assim como o filho dela, de 10 anos. Por outro lado, os outros dois ocupantes, o avô de 65 anos e a neta de 14 anos não conseguiram sair do veículo em chamas e morreram carbonizados.

Veja video

 

De acordo com a Polícia Militar (PM), o condutor da Mercedes-Benz CLA 200, de 46 anos, foi submetido ao teste do bafômetro e teve álcool detectado no organismo, com um resultado de 0,76 mg/L de álcool no sangue. O número, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), configura crime de trânsito. Ainda foi constatado que o motorista estava com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida desde 2015.

O homem foi preso, encaminhado para a delegacia do Detran e encaminhado ao sistema prisional, enquadrado por dois crimes: praticar homicídio culposo e conduzir veículo sob influência de álcool. De acordo com testemunhas, o rapaz estaria participando de um “racha”.

Vítima segue em coma induzido

Nesta segunda-feria (17), segue internada em coma induzido Glennia Nayara Dias Carmo, de 33 anos. Ela foi uma das sobreviventes do acidente.  Além de Glennia, o filho dela, Arthur Carmo dos Santos, de 10 anos, também foi levado ao hospital. A criança quebrou o braço, teve uma pequena lesão no pé e ficou com um ferimento na altura da cintura. Ele, no entanto, recebeu alta nesse sábado (16), Segundo a fámilia Glennia apresenta estado estável.

Por Redação Jornal Minas

Siga Jornal Minas nas redes sociais

Facebook Instagram Twitter Whatsapp 

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas