26/abr

Briga por celular termina em homicídio em Nova Lima

Negociação de um aparelho celular termina em tragédia, Daniel Moreira , de 18 anos, foi encontrado com um tiro na cabeça em matagal próximo a quadra poliesportiva do bairro Vila Aparecida, em Nova Lima, na tarde de sexta (23).

O motivo do desentendimento foi uma discussão sobre a troca dos aparelhos, segundo informações de testemunhas, Daniel teria se dirigido ao local para devolver o celular para o outro rapaz, que trabalhava como barbeiro no bairro. Os ânimos entre eles ficaram exaltados e a discussão, passou a agressão e briga, em meio a correria, foram ouvidos disparos.

Um desses disparos atingiu, Daniel na cabeça. O jovem foi encaminhado pelos policiais, ainda com vida, ao hospital Nossa Senhora de Lourdes, no centro de Nova Lima, mas devido a complexidade do caso foi transferido às pressas ao hospital João XXIII, em Belo Horizonte, onde veio a óbito.

Testemunhas relatam o ocorrido

Segundo informações apuradas pela reportagem do Jornal Minas, a discussão entre a vítima e suspeitos teve início através do whatsapp, logo depois Daniel foi a barbearia armado, ele teria sacado um revólver calibre 38, e começou a colocar munição.

Outros homens que ali estavam começaram a interferir na conversa e a intimida-lo com um pedaço de pau, um dos homens disse que iriam matar o Daniel. Um outro presente saiu da barbearia e retornou instantes depois de posse de uma arma de fogo, aparentemente uma garrucha de fabricação artesanal, tendo então apontado na direção de Daniel.

Após este primeiro desentendimento Daniel saiu do local, tendo retornado pouco tempo depois desarmado, exigindo a troca do aparelho celular. Neste momento começou a ser agredido com socos e em seguida foi levado pelos três homens para fora do estabelecimento.

Uma outra pessoa que estava presente foi pedir socorro e quando voltou encontrou Daniel caído em um barranco, de barriga para cima com um tiro na cabeça. Porém não reconheceu nenhum dos homens que estavam no estabelecimento.

O crime segue em investigação pela Policia Civil de Minas Gerais.

Por Redação

JORNAL MINAS reforça seu compromisso com o profissionalismo, a qualidade e o jornalismo mineiro. Nossa redação fornece informações responsáveis ​​e confiáveis ​​todos os dias. Apoie a informação de qualidade, siga-nos pelas redes sociais – Facebook Instagram Twitter Whatsapp

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas