14/mar

Carreata em apoio ao presidente Bolsonaro é a maior que Belo Horizonte já registrou

Milhares de pessoas saíram às ruas de Belo Horizonte nesta manhã de domingo (14). A carreata a favor do presidente da república Jair Bolsonaro (sem partido) partiu da Praça do Papa, região centro-sul da capital, e seguiu em comboio até a Praça da Liberdade.

Os mineiros, vestidos de verde e amarelo, ostentavam bandeiras brasileiras ao tocar o Hino Nacional em seus veículos. Além de apoiarem o presidente, eles também criticaram o STF e o fechamento do comércio pelo prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil (PSD).

A manifestação foi organizada pelas redes sociais e aconteceu em todo o país. Na capital mineira, a ação contou com a participação do deputado estadual Bruno Engler (PSL) e do vereador de Belo Horizonte Nikolas Ferreira (PRTB). Segundo a Polícia Militar, mais de dois mil veículos estiveram na carreata pelas ruas de Belo Horizonte.

“Pessoal isso aqui é Belo Horizonte, disparado a maior carreata que Belo Horizonte já teve” comemorou o vereador Nikolas Ferreira em vídeo nas redes sociais.

A Praça da Liberdade estava lotada, entre discursos e palavras de ordem, os apoiadores do presidente exigiam a renúncia de ministros do STF, a retomada do comércio em Belo Horizonte e a prisão do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

O grupo Direita Minas levou um trio elétrico onde falaram seus integrantes, entre eles o dirigente Cristiano Reis: “Estamos aqui pedindo a destituição dos 11 ministros. Porque entendemos que o ministro da Suprema Corte tem que ser de carreira e eleito pelo voto do povo, assim como fazemos com deputados, senadores. Queremos mudança nessa regra de presidente da República indicar juiz. Somos democratas, queremos que o ministro do Supremo chegue pela força do povo”, disse o manifestante.

“Nós estamos aqui em defesa da nossa liberdade, da liberdade de expressão, do nosso direito de ir e vir. Presidente Bolsonaro faça o que for preciso para garantir nossa liberdade”, discursou o deputado estadual Bruno Engler na praça da Liberdade.

Pelas redes sociais pessoas demonstraram apoio a manifestação

Por Redação Jornal Minas

Siga Jornal Minas nas redes sociais

Facebook Instagram Twitter Whatsapp 

 

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas