22/set

CBF consegue liberação de torcida nos estádios

O Ministério da Saúde aprovou, nesta terça-feira (22), o retorno do público aos estádios de futebol, em resposta a um plano elaborado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Porém, o governo federal impôs um limite de 30% das capacidades das arenas. A medida foi aprovada pelo ministro da pasta, Eduardo Pazuello.

“Todas as atitudes da CBF em relação à pandemia têm como base a proteção da saúde, tanto dos profissionais do esporte, quanto da população em geral. A entidade agiu sempre em consonância com as autoridades de saúde, seja na suspensão das competições, seja na retomada obedecendo a um rígido protocolo. A volta do público aos estádios será tratada da mesma forma”, disse ao Estadão o presidente da CBF, Rogério Caboclo.

A liberação valerá para as séries A e B. Com o tempo, a venda dos ingressos poderá ser ampliada.

O retorno dos torcedores aos estádios, porém, vai depender da vontade do gestor local, que levará em consideração a variação da curva epidemiológica, a taxa de ocupação de leitos clínicos e leitos de UTI e a capacidade de resposta da rede de atenção à saúde local e regional.

De acordo com o Ministério da Saúde, “a abertura deverá ocorrer mediante protocolos que devem ser estabelecidos com o objetivo principal de zelar pela saúde física e mental, assim como o bem-estar de todos”.

O governo federal enfatizou ainda que as medidas de segurança serão acertadas entre os times de futebol e a administração local, com a participação dos órgãos de segurança pública, saúde e outros necessários para sua implementação e fiscalização.

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas