15/set

Convenções municipais em Itabirito definem candidatos as eleições 2020

Os itabiritenses conheceram neste final de semana os candidatos a prefeito e vice-prefeito às eleições municipais 2020. Depois de muitas especulações e acordos desfeitos nos bastidores, alguns nomes surpreenderam as apostas anteriores.

O atual prefeito, o engenheiro Orlando Caldeira (Cidadania) e o vice, o médico Élio da Mata (Cidadania), disputam a reeleição com o apoio da maioria dos partidos. As legendas Cidadania, PROS, PCdoB, PMN, PSDB, PDT e PSC já haviam manifestado apoio ainda no início deste mês (5). Neste domingo (13), o PSL (Partido Social Liberal) e o PT (Partido dos Trabalhadores) se uniram à coligação que apoia a continuidade da atual administração.  Há mais de um ano à frente do Executivo, Orlando e Élio vem recebendo elogios da população pela finalização dos serviços iniciados em gestões anteriores. O atual mandato teve início após eleições extemporâneas devido à cassação do ex-prefeito Alex Salvador e seu vice, Wolney.

O Partido Avante lançou o atual vereador da cidade, Ricardo Oliveira, como seu candidato a prefeito. A escolha do vice, no entanto, era aguardada até ontem e gerou pré-acordos e especulações nesse período. O partido Solidariedade fechou com o Avante neste domingo e a escolha do vice recaiu sobre Ezio Pimenta (também do Avante), cuja indicação causou surpresa. Ricardo Oliveira é ex-funcionário público e ganhou visibilidade ao fazer oposição ao ex-prefeito Alex Salvador.

As convenções dos partidos PTB, PV, PL, PSD e Republicanos decidiram o nome de Wagner Melillo (PTB) para prefeito e, como vice, Sebastião Antônio da Silva (o Tião Cabeção), do PL. Apesar de ser iniciante na disputa eleitoral, Wagner carrega a tradição política de Itabirito em seu sobrenome, já que a família Melillo é tradicional no ramo. Além de empresário, Wagner Mellilo também já desempenhou função de gestor público como diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto  (SAAE) da cidade.

A quarta candidatura traz a representatividade da mulher na política itabiritense. O UP – partido Unidade Popular pelo Socialismo, lançou neste domingo Sara Boratti para prefeita, e Thomás Toledo para vice-prefeito, ambos do UP. Sara é artista independente, ativista e militante pelas causas sociais.

Ao contrário dos outros partidos, o MDB e o PSOL disputam uma cadeira na Câmara sem manifestar apoio às candidaturas à Prefeitura. O MDB, no entanto, deliberou na convenção orientar seus candidatos à livre escolha para apoiar ou não os concorrentes aos cargos do Executivo. Por outro lado, o PSOL optou pela neutralidade e nenhum dos seus postulantes irão se posicionar.

Por Thiago Carvalho

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas