12/dez

Cruzeiro vence o Vitória fora de casa e se aproxima do G4 na Série B

Com um futebol seguro e eficiente e amplo domínio sobre o adversário no segundo tempo, o Cruzeiro não deu chances para o Vitória e derrotou os donos da casa por 1 x 0, na noite desta sexta-feira, no estádio Barradão, em Salvador-BA, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com a vitória, a sétima fora de casa na competição, a Raposa ficou a apenas seis pontos do quarto colocado e dez pontos acima do 17º, restando ainda o complemento da rodada, com jogos no sábado e domingo.

O zagueiro Ramon, ex-Vitória, marcou o gol do triunfo da equipe cinco estrelas, que terá como próximo adversário o CSA, terça-feira, às 21h30, no Independência.

A partida

O jogo começou bastante disputado, com muita marcação de ambas as equipes e poucos espaços para a criação das jogadas ofensivas.

Em uma falta cobrada por Vico, de longa distância, aos 13 minutos, o Vitória foi quem chegou primeiro com perigo ao ataque. Fábio, com segurança, espalmou para a linha de fundo.

Aos poucos, o Cruzeiro passou a valorizar mais a posse de bola e começou a dominar o adversário, mas tinha dificuldades para penetrar na área adversária.

A equipe da casa arriscou mais nos instantes finais do primeiro tempo e a Raposa, com uma linha defensiva bem compacta, segurou o ímpeto do adversário.

Aos 45, em um escanteio cobrado por Filipe Machado, Ramon, ex-zagueiro do Vitória, abriu o marcador, de cabeça, no canto esquerdo do gol. Cruzeiro 1 x 0.

O Vitória teve chance de empatar nos acréscimos, em chute forte de Léo Ceará, dentro da área, que Fábio fez grande defesa.

Segundo tempo

À frente no placar, a equipe mineira teve um desempenho muito superior na etapa final e criou duas oportunidades para ampliar até os 10 minutos.

A primeira delas em um chute forte de Arthur Caíke, da intermediária, que Yuri defendeu com dificuldades, e a outra em um chute cruzado de Rafael Sobis, na trave.

Dominando completamente as ações, a Raposa seguiu tentando ampliar o marcador, como nas finalizações de Jadson, acima do gol, e Rafael Sobis, que Yuri defendeu.

Aos 25, Lucas Cândido recebeu o segundo cartão amarelo por falta em Giovanni, que acabara de entrar em campo, e foi expulso, deixando a Raposa com um jogador a mais na partida.

O Vitória não conseguiu dar trabalho algum ao goleiro Fábio durante todo o segundo tempo, enquanto o Cruzeiro teve claríssima oportunidade para ampliar, aos 46 minutos, com Welinton. Em contra-ataque com muita velocidade, o atacante passou por dois marcadores no meio-campo, driblou o goleiro Yuri dentro da área, mas perdeu o ângulo e finalizou para fora.

Por Redação Jornal Minas

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas