15/maio

#EducarComVacina – Juliana Sales defende vacinação de professores

O movimento Legisla Ativo, frente de vereadores de Minas Gerais, deu seguimento nesta semana às ações para disseminar e dar visibilidade à questão da priorização da vacinação dos profissionais da Educação. O grupo de parlamentares organizou um ato político nas redes sociais para chamar atenção a esse momento atual que a área educação vive com a iminência do retorno presencial às atividades escolares. Nesta campanha, 31 vereadores de 27 diferentes municípios usaram as redes sociais para sensibilizar a todos sobre a importância da imunização para área educacional. Os parlamentares postaram em suas redes uma foto segurando uma folha de papel A4 com a seguinte hashtag: #EducarComVacina. A adesão dos vereadores à campanha estimulou diversas pessoas nas redes sociais a também postarem uma foto exibindo a hashtag. Além disso, vereadores de outros estados aderiram ao movimento.

De acordo com a vereadora de Nova Lima, Juliana Sales, idealizadora do Legisla Ativo, essa é segunda ação conjunta do grupo para atentar sobre a importância da inclusão da comunidade escolar como grupo prioritário no Plano Nacional de Imunização, para que as aulas presenciais retornem de forma segura. Na última semana, por meio do Legisla Ativo, os 31 vereadores enviaram um ofício ao Comitê Estadual de Combate à Covid-19., à Secretaria de Vigilância em Saúde, ao Ministério da Saúde e ao senador e presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, solicitando a antecipação da vacinação dos profissionais da educação. “Acredito que com um trabalho pautado na proteção à saúde no ambiente escolar, poderemos fazer um retorno presencial e satisfatório para todos”, afirma a vereadora.

O Legisla Ativo

O projeto inovador Legisla Ativo foi idealizado há dois meses pela vereadora Juliana Sales (Cidadania-MG). A iniciativa reúne vereadores e vereadoras de Minas Gerais para integrarem e compartilharem boas práticas legislativas e fiscalizatórias em âmbito municipal. O Legisla Ativo também pretende ser um espaço para divisão de custos e esforços operacionais de mandato. Até o momento, 60 vereadores de 48 munícipios de Minas aderiram ao Legisla Ativo. Desde o lançamento, a frente de atuação coletiva protocolou de forma conjunta dois projetos de lei (PL) sendo um que proíbe a soltura de fogos de artifício com efeitos sonoros, e o outro que institui a Carteira de Identificação da pessoa com transtorno do aspecto autista. Além dos projetos, o Legisla Ativo também propôs requerimentos em conjunto para solução de demandas locais dos municípios que aderiram.

Por Redação

JORNAL MINAS reforça seu compromisso com o profissionalismo, a qualidade e o jornalismo mineiro. Nossa redação fornece informações responsáveis ​​e confiáveis ​​todos os dias. Apoie a informação de qualidade, siga-nos pelas redes sociais – Facebook Instagram Twitter Whatsapp

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas