01/mar

Gabriel Azevedo, vereador de Belo Horizonte é espancado e sai das redes sociais

O vereador de Belo Horizonte, Gabriel Azevedo (PATRI) foi espancado durante um assalto em São Paulo, neste final de semana, Gabriel estava na capital paulista a trabalho. A informação foi divulgada pelo próprio político em comunicado à imprensa.

Segundo a nota divulgada, para roubar seu celular e relógio de pulso, “um grande grupo me agrediu violentamente na rua, causando hematomas profundos e fraturas no rosto”. O vereador registrou boletim de ocorrência e diz que está sendo acompanhado por médicos.

Fora das redes sociais 

Após a ocorrência do crime, Grabiel registrou Boletim de Ocorrência na Polícia Militar  e retirou todas as suas redes sociais.  Ele pediu para que notificações sobre problemas da cidade sejam enviadas pelo aplicativo ‘Tem Meu Voto’, disponível na AppStore e no GooglePlay.

Recuperação

Gabriel foi atendido em um hospital em São Paulo, e os médicos conversaram sobre a possibilidade de cirurgia. No entanto, ele marcará uma consulta médica em Belo Horizonte nos próximos dias para saber se há necessidade de algum procedimento cirúrgico. “A orientação é de repouso até minha completa recuperação. As atividades parlamentares seguirão na medida do possível, de forma remota”, disse.

Anúncio

Veja a íntegra da nota do vereador:

Nesse último final de semana estive a trabalho em São Paulo para gravações e, infelizmente, fui vítima de um roubo. Para roubar meu celular e meu relógio de pulso, um grupo numeroso me agrediu de forma violenta na rua, causando hematomas profundos e fraturas na face. O boletim de ocorrência foi registrado. Os primeiros cuidados já foram tomados. Outros serão necessários.

Estou sendo acompanhado por médicos e a orientação é de repouso até minha completa recuperação e, por isso, conto com a compreensão de vocês. As mídias sociais estão suspensas. As atividades parlamentares seguirão na medida do possível, de forma remota.

Peço que notificações sobre problemas da cidade sejam enviadas pelo aplicativo Tem Meu Voto (disponível na AppStore e no GooglePlay). Para demais contatos, há o e-mail ver.gabriel@cmbh.mg.gov.br e o WhatsApp do gabinete +55 31 99879-2849. Peço a gentileza de evitarem meu número pessoal de WhatsApp. Preciso me recompor.

A barbárie assusta, mas não triunfa. Vamos prevalecer.

Vereador Gabriel, 1° de março de 2021.

Por Redação Jornal Minas

Siga Jornal Minas nas redes sociais

Facebook Instagram Twitter Whatsapp 

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas