06/out

Justiça libera candidatura de Carlinhos Rodrigues em Nova Lima

O Ministério Publico entrou neste domingo (4) com pedido de  impugnação candidatura do ex-prefeito Carlinhos Rodrigues (PDT), que foi aprovado em convenção para disputar a prefeitura em Nova Lima. O MP apresentou impugnação a candidatura de Carlos Roberto Rodrigues por inelegibilidade.

O ex-prefeito encontra-se inelegível, Carlinhos foi condenado em 2016 no processo que levou a cassação da chapa Cassinho e Fatinha à época PMDB e PT, por conta de doações de terreno enquanto ele ainda era o prefeito.

A legenda se apoia na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que libera os candidatos “ficha-suja” das eleições de 2012 para disputa eleitoral deste ano, já que a suspensão dos direitos políticos por oito anos decorrente de condenação por abuso do poder econômico ou político não poderá ser estendida para a nova data das eleições.

A promotora de Justiça Renata Cerqueira da Rocha Limones Monteiro da 194a Zona Eleitoral de Nova Lima manifestou-se contraria ao pedido de impugnação do ex-prefeito Carlinhos Rodrigues feito pelo MP. – “Em face do exposto, põe-se o Ministério Público Eleitoral pelo indeferimento do pedido formulado, possibilitando ao requerente participar nas Eleições 2020.”

Em contato com  a reportagem o ex-prefeito Carlinhos Rodrigues disse que não “irá responder tecnicamente e que confia no jurídico para dar continuidade a sua campanha nas eleições 2020.”

Advogados consultados pelo Jornal Minas disseram ainda que, o texto apresenta algumas obscuridades, contudo o paragrafo final conclui que Carlinhos está apto a concorrer as eleições.

A data das eleições 2020 foi adiada para o mês de novembro devido à pandemia do COVID-19. O primeiro turno será dia 15 e, o segundo, no dia 29.

Por Thiago Carvalho

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas