04/ago

Ministério Público quer criação de fundo para resolver trânsito entre Nova Lima e BH

O procurador-geral de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Jarbas Soares Júnior, está em Brasília. Nessa segunda-feira (2) ele se encontrou com procurador-geral do Ministério Público Federal (MPF), Augusto Aras, para tratar de pautas comuns entre os dois órgãos. O procurador encontrou também com o presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (DEM), com quem participou de um almoço e um jantar, na residência oficial do Senado.

Já na linha de propor soluções, antes que questões polêmicas virem processos judiciais, o Ministério Público de Minas deve realizar uma reunião importante nesta semana para discutir a questão do trânsito entre Nova Lima e Belo Horizonte, caótico devido ao grande número de construções e o fluxo de veículos. O MP deve propor a criação de um fundo com o qual os responsáveis por grandes empreendimentos contribuam para a realização de obras viárias como duplicações e viadutos, segundo Jarbas Soares Júnior.

“Nova Lima é uma cidade que se expande, e há um impacto enorme lá, a região está toda estrangulada. O que precisa ter é o Ministério Público com suas ações, os municípios de Belo Horizonte e de Nova Lima também atuando no seu papel e o governo do Estado no seu papel de gerenciar a questão metropolitana. O que acontece é que todo dia tem um novo empreendimento na região e isso tem gerado impacto grandioso na qualidade de vida e no trânsito”, detalhou. “Estão previstos vários empreendimentos para lá. Se a gente não agir agora, nós vamos ser cobrados. Nós temos duas saídas: ou o Ministério Público judicializa tudo ou nós construímos uma solução completa, que são túneis, viadutos, trincheiras, saneamento”, afirmou Soares Júnior.

Neste mês será inaugurado em Brasília o escritório conjunto dos Ministérios Públicos de Minas Gerais e de São Paulo. Para além, em MG, até o início do mês que vem, será criado o núcleo do Ministério Público para conciliações, para evitar que questões que podem ser resolvidas em acordos sejam judicializadas.

Por Redação

JORNAL MINAS reforça seu compromisso com o profissionalismo, a qualidade e o jornalismo mineiro. Nossa redação fornece informações responsáveis ​​e confiáveis ​​todos os dias. Apoie a informação de qualidade, siga-nos pelas redes sociais – Facebook Instagram Twitter Whatsapp

Compartilhar esta notícia:


Comentários

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Redes sociais
Jornal Minas