30/maio

Neto Berola marca e Cruzeiro perde para o Confiança na estreia da série B

O Cruzeiro “cruzeirou” na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro. Com direito a pênalti, lambança e expulsão de Fábio, a Raposa, que também viu Adriano receber vermelho, foi derrotada pelo Confiança, por 3 a 1, neste sábado, no Batistão, em Aracaju, na estreia da segunda, segunda temporada na divisão.

Neto Berola (de pênalti), Cristiano e Daniel Penha fizeram os gols dos três primeiros pontos do líder Confiança. O Cruzeiro, que festejou com Bissoli, ainda não pontuou e amarga a vice-lanterna. A partida teve seis cartões amarelos e dois vermelhos.

O primeiro tempo demorou a engrenar. Confiança e Cruzeiro entraram sem atitude. A Raposa tomou a iniciativa, mas foi o Dragão que chamuscou o rival. Aos 32 minutos, Neto Berola foi lançado na área e acabou derrubado por Fábio, que acabou amarelado.

Na cobrança de pênalti, o mesmo Neto Berola deslocou o goleiro do Cruzeiro que nem saiu na foto. Esse foi o terceiro gol de Neto Berola na temporada, sendo o segundo na marca da cal.

Aos 40 minutos, Adriano matou contra-ataque e, como já tinha amarelo, foi expulso, deixando o Cruzeiro com um a menos. Dois minutos depois, a Raposa também ficou sem Fábio. O goleiro se atrapalhou todo e agarrou a bola fora da área, sendo expulso. Sem o goleiro, Felipe Conceição tirou Rafael Sóbis para colocar Lucas França.

Aos 45 minutos, Lucas França saiu jogando errado, Neto Berola cruzou na medida para Luidy, que conseguiu errar o alvo e perdeu a chance de ampliar o marcador para os sergipanos.

No segundo tempo, o Confiança quase ampliou em bonito chute de Williams Santana, mas Lucas França fez boa defesa. Dois minutos depois, porém, o Cruzeiro, mesmo com dois a menos, conseguiu o empate. Bissoli aproveitou escanteio e empatou de cabeça. O atacante havia entrado no intervalo na vaga de Airton.

O Cruzeiro se animou e quase ampliou aos 20 minutos. Rômulo, de falta, acertou o travessão. A resposta do Confiança, porém, foi certeira. Aos 26 minutos, Cristiano recebeu na medida, na cara do gol e meteu para as redes. O gol animou e Cristiano acertou a trave do Cruzeiro aos 30.

Três minutos depois, Rômulo bateu rente à trave e quase empatou. O problema é que o Confiança foi mais certeiro e, aos 34 minutos, ampliou. Daniel Penha recebeu de Marcelinho, que havia puxado contra-ataque, e deu números finais ao jogo.

Próximos jogos

Na segunda rodada, o Confiança visitará o Goiás na terça-feira, às 18 horas, na Serrinha, em Goiânia. O Cruzeiro, por sua vez, receberá o CRB no Mineirão, em Belo Horizonte, na quinta-feira, às 18h15.

Por Redação
JORNAL MINAS reforça seu compromisso com o profissionalismo, a qualidade e o jornalismo mineiro. Nossa redação fornece informações responsáveis ​​e confiáveis ​​todos os dias. Apoie a informação de qualidade, siga-nos pelas redes sociais – Facebook Instagram Twitter Whatsapp

Anúncio

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas