08/set

Polícia Militar prende sete pessoas em bar de Rio Acima

Após abordagem da Polícia Militar, sete pessoas foram presas durante uma confusão em um evento, em Rio Acima. Segundo a Polícia Militar, 300 pessoas participavam do evento, que era irregular.

Os militares foram acionados para conter a aglomeração, no Centro da cidade. Os participantes chegaram a interditar a rua. Houve confusão com a chegada da polícia.

Parte dos clientes que estavam no bar reagiu à abordagem. Pedras e garrafas foram arremessadas na direção dos militares, que revidaram com bombas de efeito moral e balas de borracha.

Onda verde

O prefeito Felipe Gonçalves (PDT), assinou o decreto nº 99 de 06 de agosto de 2021, que adota o protocolo “onda verde” do Minas Consciente  como medida de enfrentamento à pandemia ocasionada pelo agente sars-cov-2 e dá outras providências.

A lotação máxima permitida para eventos e funcionamento de estabelecimentos, em locais fechados, fica limitada a 50% da sua capacidade total, já para locais abertos  há limite de lotação para eventos e funcionamento, desde que obedecido o distanciamento de 1,5m por pessoas. Os eventos pode durar no máximo 12h.

Abordagem

Segundo depoimentos, o bar tem alvará de funcionamento até as 21h, chegando ao local os policiais  pediram que  e o evento fosse encerrado, porém alguns os fregueses agrediram os militares com pedras e garrafadas. Foi necessário  de reforço da Polícia Militar em Nova Lima para conter a confusão.

Nas redes sociais circula um vídeo onde mostra o momento da confusão, a PM teve que utilizar armas de borracha .

Os presos foram encaminhados para a delegacia, após serem identificados. A PM também encontrou cocaína e munição no local.

O dono do bar foi preso por desrespeitar os protocolos sanitários.

Por Gustavo Moraes

JORNAL MINAS reforça seu compromisso com o profissionalismo, a qualidade e o jornalismo mineiro. Nossa redação fornece informações responsáveis ​​e confiáveis ​​todos os dias. Apoie a informação de qualidade, siga-nos pelas redes sociais – Facebook Instagram Twitter Whatsapp

Compartilhar esta notícia:


Comentários

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Redes sociais
Jornal Minas