11/maio

Vereador Tiago Tito e seu chefe de gabinete são presos por rachadinha em Nova Lima

Tiago Tito (PSD) e o chefe de gabinete, Thiago Fernandes foram presos pela Polícia Civil, na manhã desta terça-feira (11), durante a segunda fase da operação Contrato Leonino, em Nova Lima;

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Gabriel Fonseca, mandados de busca e apreensão foram cumpridos na Câmara Municipal de Vereadores. Documentos, aparelhos eletrônicos, notebooks e celulares foram apreendidos.

Ainda segundo Fonseca, a ação é um desdobramento da investigação da Delegacia Especializada de Combate à Corrupção que, em 18 de dezembro de 2020, na câmera de vereadores que cumpriu mandado de busca e apreensão no gabinete de seis vereadores.

Nesta segunda fase, de acordo com a PC, foram identificados indícios dos mesmos crimes, mas desta vez pelo vereador Tiago Tito. As irregularidades são: peculato na modalidade conhecida como rachadinha, associação criminosa, corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica e uso de documento falso, dispensa irregular de licitação e lavagem de dinheiro. As penas variam de dois a 12 anos.

O delegado falou ainda que o foco da operação policial desta terça-feira foi o vereador e o chefe de gabinete. Os policiais também cumpriram 13 mandados de busca e apreensão contra assessores e um empresário da construção civil da cidade, que teria sido favorecido em licitações, de acordo com Fonseca.

A operação contou com 58 policiais civis e a participação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

Até o momento a Câmara de vereadores de Nova Lima não se pronunciou sobre o ocorrido.

Por Redação

JORNAL MINAS reforça seu compromisso com o profissionalismo, a qualidade e o jornalismo mineiro. Nossa redação fornece informações responsáveis ​​e confiáveis ​​todos os dias. Apoie a informação de qualidade, siga-nos pelas redes sociais – Facebook Instagram Twitter Whatsapp

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas