28/jan

BBB: Programa fútil ou entretenimento útil? – Pedro Alvarenga

Olá, sou Pedro Alvarenga, comunicador nato, nascido em 1 de fevereiro, dia do publicitário e graduado nessa mesma área. Empresário do ramo de tecnologia, aficionado por Comunicação e Sociologia. Analista empírico do comportamento humano, sempre validando minhas observações e vivências por meio de estudo. Tenho como hobby entender a sociedade como um todo. Nunca errei nenhum campeão de reality show. Esta é minha primeira coluna no Jornal Minas sobre o Big Brother Brasil 21.

Leia: Professor mineiro é um dos escolhidos para o BBB 21 – Conheça o João Luiz

Existe um consenso nacional entre pessoas mais “pensantes”, que reality shows, como o Big Brother, são atrações fúteis e uma tremenda perda de tempo. Mas será que seria somente isso? Existe algum tipo de bom entretenimento abaixo das camadas superficiais de um programa assim?

Inicialmente temos que assumir a visão inicial de que, xeretar a vida de terceiros, pode não ser a melhor forma de ocupar seu tempo. Porém, existem diversas formas de acompanhar esse formato de programa, claro, a gosto do telespectador.

Brigas, confusões, amizades e amores podem garantir a diversão e estreitar a empatia com um participante com o qual você se identifique mais. Também, há de se considerar o quanto é interessante assistir uma novela com pessoas reais, na qual não existe roteiro, podendo acontecer de tudo a qualquer momento. Mas quem disse que não se pode entrar em outro nível de percepção nesse entretenimento?

O Big Brother, para olhos bem treinados, apresenta bem mais. É um programa onde pessoas reais se desnudam, mostram questões sobre o comportamento humano, suas frustrações e psiques. Algo muito importante a ser identificado por meio da conduta dos participantes, é como está a cultura atual de uma população. Por meio de julgamentos, votações e opiniões, fica muito claro a percepção de valores de todo um país.

Essa resposta pode ou não ser agradável, dependendo de quem a encontra. Porém, será algo válido para os mais interessados em sociologia e comportamento humano, trazendo ferramentas importantes para saber mais do mundo onde se encontra.

Independente de como você queira entrar e se aprofundar nessa grande nave mãe, existe algo válido que irá render várias horas de diversão, frustrações, empatia e diversas emoções. E isso, somente um entretenimento como o BBB pode oferecer.

Então, antes de cancelar o programa, saiba que você pode vê-lo de forma que agregue, podendo ter algo a oferecer a vários tipos de públicos.

Por Pedro Alvarenga

Siga Jornal Minas nas redes sociais

Facebook Instagram Twitter Whatsapp 

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas