18/jun

Caso Tiago Tito: Dr. Juarez tem mais um pedido de habeas corpus negado pela justiça

Nesta quarta-feira (17) o advogado de defesa do chefe de gabinete de Tiago Tito, Dr. Juarez Morais de Azevedo sofreu mais uma derrota na justiça. O ex-juiz e hoje advogado de Thiago Fernandes, havia impetrado um HC (Habeas corpus) pedindo que o assessor de Tito pudesse responder o processo em liberdade, o que foi denegado pelo juiz. É a segunda vez que Juarez tem um pedido negado pela justiça desde que  assumiu a defesa do chefe de gabinete de Tito.

Por enquanto, tanto Tiago Tito como seu chefe de gabinete  permanecerão presos. O parlamentar foi preso no dia 11 de maio  por ameaça e prática de “rachadinha” responderá em breve um processo de cassação do seu mandato como vereador.

Cassação do vereador 

Comissão processante sobre quebra de decoro parlamentar se reuniu no dia  11 de junho. Formada pela vereadora Juliana Sales e o vereador Danúbio Machado ambos do Cidadania, além da vereadora Viviane Matos (DEM), a reunião abordou como serão os andamentos dos trabalhos produzidos pela Comissão. Assim que o vereador for intimado, o advogado de Tito precisa apresentar defesa no prazo máximo de 10 dias.

A Comissão tem o prazo de 90 dias contando a partir da abertura do processo de cassação para emitir parecer sobre a cassação ou não do mandato de Tiago Tito.

Por Thiago Carvalho

JORNAL MINAS reforça seu compromisso com o profissionalismo, a qualidade e o jornalismo mineiro. Nossa redação fornece informações responsáveis ​​e confiáveis ​​todos os dias. Apoie a informação de qualidade, siga-nos pelas redes sociais – Facebook Instagram Twitter Whatsapp

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas