09/fev

Jornada de trabalho do servidor é pauta da 1ª Reunião da Câmara de Itabirito

A Câmara Municipal de Itabirito realizou nesta segunda-feira (8) a primeira reunião ordinária de 2021. Entre as solicitações de pareceres sobre projetos e debates sobre os serviços públicos, uma pauta se destacou, a jornada de trabalho dos servidores municipais.

O vereador Fabinho Fonseca, servidor público de carreira, saiu em defesa da classe, e prometeu durante sua gestão lutar pela qualidade do serviço público Itabirense. Ele disse que pediu ao governo o envio de um projeto de lei para tornar permanente a jornada de trabalho de seis horas para funcionários municipais.

+ Noticias Itabirito

Para o vereador é urgente organizar a gestão municipal. “Alguns funcionários recebem horas extras e folga, enquanto outros ficam de fora sem qualquer pagamento pelo trabalho.” Afirmou Fabinho que exigiu a valorização da classe, que era prioridade no plano de governo, para que essas ações não se tornem apenas promessas de campanha. Na sequência da valorização da categoria, Fonseca propôs o pagamento do 13º no cartão alimentação, além de priorizar a vacinação dos servidores que estão a frente do combate ao novo coronavírus.

Transporte municipal 

O vereador Renê Butekus criticou a decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) que põe fim ao transporte gratuito de passageiros em Itabirito para menores de 65 anos. Até a decisão do órgão coletivo, as pessoas com mais de 60 anos tinham direito ao serviço gratuito no município.

A partir de agora, a passagem gratuita em Itabirito só estará disponível para passageiros maiores de 65 anos, de acordo com a Constituição Federal, art. 230, § 2º.

Fabinho Fonseca, por sua vez, reivindicou a melhoria do transporte público para a área rural do município de Itabirito, que atualmente só tem transporte às segundas e sextas-feiras, em dois horários, às 6h e às 18h. Isso causa sérios transtornos aos moradores que precisam se deslocar até o centro de Itabirito, muitas vezes tendo que arcar com altos custos neste translado.

Por Thiago Carvalho

Siga Jornal Minas nas redes sociais

Facebook Instagram Twitter Whatsapp

 

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas