19/jul

Nova Lima Nossa Gente! A lutadora Drielly Vieira

“Acredite em si, chegará um dia em que os outros não terão outra escolha, senão acreditar com você”

Hoje na coluna Nova Lima, Nossa Gente, vamos conhecer parte da história da esportista, lutadora de Jiu-Jitsu Brasileiro, Drielly Vieira, moradora do bairro Cruzeiro.

A paixão pelo Jiu-Jitsu

Segundo Drielly Vieira, a paixão pelo esporte começou de uma forma inusitada, em 2017, quando iniciava aulas no Taekwondo, encontrou na academia um lutador de Jiu Jitsu, que lhe falou do esporte e a incentivou a aprender lutar.

Drielly conta que o amor pela “arte suave”, teve um início inesperado; “Na verdade, eu estava começando a praticar Taekewondo, mas na academia conheci um praticante de jiu-jitsu. Desde então fui incentivada a entender as técnicas, e aprendi cada vez mais sobre o esporte.”

Imediatamente ela iniciou os treinamentos, com muita dedicação, logo vieram resultados, e ficou claro que poderia alçar voos maiores dentro dos tatames.

A estreia foi em grande estilo, o OPEN WINTER, campeonato internacional realizado no ginásio do Mineirinho, em Belo Horizonte. A atleta ficou em 2º lugar, em outro campeonato internacional, o OPEN SPRING, garantiu o 3º lugar. O topo do pódio chegou na cidade de Congonhas, na disputa da COPA PROFETA, Dryelly conquistou o 1º lugar.

Jiu-Jitsu feminino no Brasil

“O Jiu-Jitsu Brasileiro foi durante um período dominado pelos homens, que criaram e desenvolveram esta arte nacional. Entre as primeiras mulheres a se destacar, podemos citar Yvone Duarte e Kyra Gracie, referências no mundo do Kimono. Era um esporte muito fechado ao público masculino, felizmente, nós mulheres conquistamos espaço pela determinação de quem ama o esporte.” Diz Drielly feliz pelo reconhecimento entre o público.

As dificuldades do esporte

Para a atleta, os obstáculos são muitos, desde o apoio financeiro esporte profissional à estrutura para treinamento. Em 2019, após já ter demonstrado alto desempenho competitivo, Drielly teve que deixar os tatames, após concluir os estudos técnicos, foi trabalhar na área, o que era incompatível com os treinamentos.

Porém, o suor das lutas, a dedicação, dias e noites de treinamento são sem dúvida o que move a nossa campeã, foi com esse sentimento que ela tomou a importante decisão de levar o nome de Nova Lima a todos os lugares do mundo através do esporte. Drelly deixou o emprego e agora se dedica exclusivamente ao Jui-Jitsu.

Próximas competições e Treinamento

Como o mar calmo não faz bom marienheio, Drielly parte em agosto para mais uma jornada em direção às vitórias. A lutadora disputará dois importantes campeonatos consecutivos, o Brasileiro e o Sul-Americano de Jiu-Jutsu, que aconteceram no Rio de Janeiro.

Drielly pensa muito à frente e quer trazer a vitória e conquistar a classificação para a final do campeonato internacional ABU DHABI GRAND SLAN JIU-JITISU.

Tenho mantido uma rotina de treinos rígida na academia do Beto Múmia, os treinadores Luiz Geleia e Jeferson Barrão têm sido fundamentais para que eu possa me preparar para representar o Nova Lima nessas competições.

Como apoiá-la

Na ausência de patrocinadores, a atleta dá aulas em academias, cria campanhas para arrecadação de recurso para que possa custear a manutenção da rotina esportiva.

Caso você queira ser um patrocinador ou colaborador da Drielly Vieira, entre em contato pelo telefone (31) 99418-0883.

Mulher, esportista, que nunca se intimida diante dos obstáculos da vida, Drielly Vieira, é Nossa Gente.

Obrigado a todos pela leitura, e até a próxima semana!

Por Reginaldo Silva

JORNAL MINAS reforça seu compromisso com o profissionalismo, a qualidade e o jornalismo mineiro. Nossa redação fornece informações responsáveis ​​e confiáveis ​​todos os dias. Apoie a informação de qualidade, siga-nos pelas redes sociais – Facebook Instagram Twitter Whatsapp

Compartilhar esta notícia:


Comentários

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Redes sociais
Jornal Minas