25/jun

Vitor Penido chama Conselho Municipal de Saúde de Nova Lima de criminoso

Na manha desta quinta-feira (24) o vice-prefeito e Saúde de Nova Lima Diogo Ribeiro (Cidadania) apresentou em reunião do Conselho Municipal de Saúde um estudo técnico com parecer contrário à implementação do setor de Hemodinâmica na Fundação Hospitalar Nossa Senhora de Lurdes (FHNSL).

A unidade foi idealizada para de realizar diagnóstico de cardiopatias, tratamento agudo de emergência, cirurgia cardíaca, cateterismo, angioplastia e valvoplastia. O atendimento seria com plantonistas e gratuito a população pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Porém decisão de não dar continuidade tem objetivo, segundo o secretário, que o município foque em outras áreas prioritária, que não há demanda para a implantação do serviço na cidade.

Câmara aprova investimento

Na gestão do presidente Fausto Niquini (PSD), em 2020 a Câmara de Vereadores de Nova Lima, aprovou uma suplementação de R$2 milhões para o FHNSL, com isto o prefeito Vitor Penido (DEM) firmou o convenio entre a Prefeitura Municipal de Nova Lima (PMNL) e o hospital, repassando o valor para a construção do prédio onde seria instalado o Setor de Hemodinâmica.

Com o novo estudo e mudança no planejamento, a Prefeitura definirá junto ao hospital qual serviço passa a ser prestado a população no local.

Vitor Penido crítica decisão

Em uma série de áudios divulgados pelo WhatsApp, o ex-prefeito de Nova Lima demostra consternação após saber da decisão.

“Isto é lamentável e para mim isto é criminoso” começa Vitor em tom de critica onde cita familiares do atual secretário de Saúde Diogo Ribeiro. Ainda assume que tem conhecimento que tamanha estrutura seria viável em uma cidade de mais de 200 mil habitantes, o dobro que Nova Lima possui no momento.

“Eu não posso acreditar que João Marcelo que aprendeu a trabalhar comigo admita uma besteira dessas, crime desses”, fala Penido de forma leviana acusando o atual prefeito de Nova Lima, João Marcelo Dieguez (Cidadania). Em tom eleitoreiro o político segue as críticas agora direcionadas ao conselho municipal da saúde, “que me perdoe esse Conselho Municipal de Saúde, isso não é Conselho da Saúde não, é de criminosos … isso é um despreparo, é gente do PT, gente de esquerda.” Esbraveja o Vitor que foi derrotado pelo João Marcelo nas eleições 2020.

Penido encerra seus áudios com críticas ainda a Associação Comercial e se auto convidando para uma reunião onde diz que vai cobrar do Conselho Municipal de Saúde.

Análise Política

O próprio Vitor assume nos áudios que a decisão tem embasamento técnico, desta forma não há crime como ele tenta imputar com desrespeito as pessoas que ali fazem seus trabalhos.

Nós, como cidadãos, podemos discordar ou não das escolhas do governo, porém, os devaneios do ex-prefeito ao citar o PT, esquerda, gestões anteriores mostram que a derrota nas urnas não lhe ensinou nada. A população deseja políticas propositivas voltadas para o futuro da cidade de Nova Lima.

Para mim, esses “desbafos” como diz o Vitor, parece mais abstinência poder e querer às vésperas de ano eleitoral procurar um inimigo que não existe. A população a muito nem se importa com o posicionamento do ex-prefeito como mostrado nas pesquisas de 2020.

Ao apontar seu dedo para supostos criminosos, Penido esquece que foi condenado condenado pelo STJ em 2018, que confirmou a sentença do TJMG decretando a perda dos direitos políticos e só conseguiu terminar o seu mandato de prefeito por meio de um recurso especial.

Ouça os áudios

 

Por Thiago Carvalho

JORNAL MINAS reforça seu compromisso com o profissionalismo, a qualidade e o jornalismo mineiro. Nossa redação fornece informações responsáveis ​​e confiáveis ​​todos os dias. Apoie a informação de qualidade, siga-nos pelas redes sociais – Facebook Instagram Twitter Whatsapp

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas