31/dez

Com sensação de dever cumprido, Vitor Penido se despede da política – “Vou cuidar da fazenda e da minha família”

Em entrevista à Band Minas, o prefeito de Nova Lima, Vitor Penido (DEM), fez um balanço sobre o seu governo e carreira política. Após mais de 40 anos à frente da vida pública, sendo seis mandados de prefeito, dois de deputado, Penido se despede da vida pública deixando um legado de grandes feitos para o município.

Apesar de todo o trabalho, em seu último ano de governo, foi derrotado nas urnas, e novamente, não conseguiu fazer o seu sucessor, o vereador Wesley de Jesus (DEM).

Leia: “Vamos governar para todas e todos” – João Marcelo prefeito eleito em Nova Lima

Com a fila de espera por exames de saúde zerados, pagamentos dos servidores em dia e mais de 350 milhões de reais em caixa, o prefeito destaca que deixa a prefeitura como exemplo e modelo de gestão. “Nunca tivemos uma greve e só não pagamos mais ao funcionalismo porque não podemos. É preciso ter respeito, transparência e coragem para tomar decisões. O que mais se vê são pessoas preocupadas com a reeleição ao invés de solucionar os problemas da cidade e do país. Nós fizemos a reforma administrativa e hoje o gasto com pessoal é em torno de 43%. A receita para obter isso é simples: o chefe do Executivo precisa ter autoridade e o Legislativo não atrapalhar. Aqui em Nova Lima foram 12 anos de destruição e desvios”, informa.

Para Vítor, graças ao seu modelo de gestão, Nova Lima não “favelizou” como muitas cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH). Além disso, conta com excelente atendimento de saúde pública e com a melhor educação do Estado, sendo exemplo nacional segundo índices do Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (IDEB). O prefeito ainda diz que de todos seus feitos, o de maior relevância foi trazer a COPASA para o município, quando governou a cidade pela primeira vez.  Já em sua última gestão, equilibrar os cofres públicos e colocar as finanças de Nova Lima nos trilhos foi o seu principal objetivo. O sucesso no cumprimento desta meta permite que ele se despeça da vida pública com a sensação de dever cumprido. “Quando assumi a prefeitura em 2016, a Administração tinha uma dívida de 300 milhões de reais, salários atrasados e devia fornecedores. O município estava destruído, “conta.

Leia: Vitor Penido passa o bastão para João Marcelo

Penido atribui a derrota nas urnas à austeridade fiscal que seu governo impôs como medida urgente para evitar que o município entrasse em colapso financeiro. Entre Reforma Administrativa e redução do custeio da máquina pública, a ação incluiu medidas impopulares, porém necessárias para manter a qualidade de vida e a prestação dos serviços públicos em Nova Lima. “Economizamos mais de 80 milhões em gastos e pagamos o funcionalismo e os fornecedores em dia,” explica.

+ Notícias de Nova Lima

Fim da carreira política

Ex-office boy da antiga Morro Velho e ex-bancário, Vítor foi também presidente da Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais e do Brasil (Amig) e da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel), além de deputado estadual e federal. “No dia 31 de dezembro eu encerro o mandato e a era Vítor Penido em Nova Lima. Tudo o que fiz foi por amor à cidade, na qual sou nascido e criado, pois o cargo de um prefeito é passageiro e não pode servir de cabide de empregos para seus familiares”, ressaltou.

 

Vitor Penido na Fazenda – Arquivo Pessoal

 

Longe da vida pública, o político mais bem sucedido da história nova-limense volta à sua vida empreendedora e familiar. As reuniões para discutir os rumos de uma cidade serão substituídas pelos inúmeros negócios que incluem fazendas de laranja e café. O estadista que percorria as ladeiras nova-limenses ou os corredores do congresso em busca de melhorias para o seu povo, será visto dessa vez com um propósito mais simples. “Muitos ainda vão me ver pela cidade vendendo laranja e ovo. Mas, na política eu encerrei a minha carreira”, diz.

Leia: Novo governo em 2021: saiba quem é quem na equipe de João Marcelo em Nova Lima

Por Thiago Carvalho

Siga Jornal Minas nas redes sociais

Facebook Instagram Twitter Whatsapp

 

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas