26/mar

“Não quis criar pânico, minha intenção foi alertar”, diz vice-prefeito de Nova Lima sobre áudio

No início da semana, um áudio informal do vice-prefeito e Secretário da Saúde de Nova Lima, Diogo Ribeiro, revela a situação crítica da pandemia na cidade.

Na gravação, ele afirma que os oitos leitos de CTI recém-inaugurados pelo prefeito João Marcelo Dieguez já se encontram ocupados. Ele relata também o esgotamento e a falta de profissionais da saúde para atuar na linha de frente no combate ao coronavírus. Outro agravante é a diminuição do estoque de medicamentos e a dificuldade de reposição.

Ouça o aúdio

De acordo com o Secretário, a mensagem não é oficial, mas um alerta que ele fez em um grupo de whatsapp para explicar aos amigos a gravidade da situação e a necessidade de seguir rigorosamente o isolamento nesse período crítico. Diogo diz que não tinha como objetivo criar pânico, mas sim, alertar que sem a colaboração de todos os nova-limenses o colapso iminente pode se tornar ainda mais grave. Segundo ele, a Prefeitura tem trabalhado para atender as necessidades da população nesse momento, mas o mais importante é a colaboração dos moradores que devem ficar em casa e evitar ao máximo a exposição ao vírus.

Por telefone, a assessoria da Prefeitura informou que a situação da cidade, assim como no restante do país está grave, mas a Administração Municipal têm trabalhado incansavelmente para minimizar o colapso. Assim como a criação dos leitos, o Executivo está agilizando a compra da vacinação, fiscalizando o transporte público para reduzir o foco de contágio e providenciando campanhas de conscientização sobre a gravidade da doença.

Por Ana Carina
Siga Jornal Minas nas redes sociais
Facebook Instagram Twitter Whatsapp 

Compartilhar esta notícia:


Comentários


Anúncio


Redes sociais
Jornal Minas